O que é Etiqueta Social

O guia prático com 70 dicas para você começar agora!

Etiqueta Social – 70 dicas para praticar

Etiqueta social nunca foi tão necessária. Afinal, atualmente é muito fácil confundir-se com o que é socialmente aceitável. Muitos dos comportamentos corretos que as pessoas antes consideravam como senso comum foram perdidos com o tempo devido aos maus conselhos, regras desatualizadas e devido às mídias sociais que algumas vezes contribuem para comportamentos rudes. Com isso, a pergunta que não quer calar é: Você tem etiqueta?

Etiqueta Social Mulher de negocios cumprimentando homem

Mulher de negócios cumprimentando educadamente homem de acordo com as regras de etiqueta

O que é a Etiqueta Social

Para entender o que é etiqueta social deve-se ter em mente que existem situações sociais que requerem comportamentos específicos. Basicamente, a etiqueta social é definida como um conjunto de regras de comportamento e boas maneiras a serem seguidas dentro da sociedade e suas respectivas situações. Essas regras são criadas a partir da prática, bom senso e das tradições que passam de geração para geração, consolidando-se como padrões de comportamento claros e bem respeitados.

A etiqueta social relaciona-se tanto aos aspectos da vida em sociedade (por exemplo: vestimentas, linguagem corporal e verbal, cumprimentos) quanto aos valores historicamente construídos. Por isso, é justo afirmar que a etiqueta social é algo relativo e que cada sociedade possui regras de acordo com suas vivências e culturas (por exemplo, na etiqueta social japonesa é possível encontrar aspectos como a reverência à pessoas importantes e a retirada dos calçados para entrar dentro de casa, práticas incomuns à nos latino-americanos). Apesar de ser culturalmente relativa, essa sempre pode ser considerada sinônimo de educação, elegância, cordialidade e respeito, sendo uma expectativa social e um dever a ser cumprido, ensinado e preservado.

Como praticar a Etiqueta Social

Se você seguir estas dicas, você será convidado para mais festas, será lembrado quando surgirem oportunidades de trabalho e fará mais amizades. Aquele que não conhece e não age conforme as regras da etiqueta social pode encontrar muitos obstáculos em situações sociais e profissionais.

Colocar essas regras e comportamentos em prática pode fazer uma grande diferença em sua vida social.

Quer saber o que mais você pode conseguir?
Veja abaixo as situações mais comuns, propícias à prática das regras de etiqueta social, e como elas podem te ajudar:

 

A etiqueta social nas apresentações

Os brasileiros costumam ser bastante cordiais e simpáticos com seus convidados, algo que é refletido em nossas apresentações. Nossos costumes tornam o clima mais amável e propício para as conversas e amizades. No entanto, ainda existem regras que precisam ser seguidas. Você costuma cumprimentar pessoas com beijo na bochecha? Saiba que nem toda ocasião comporta esse tipo de cumprimento.

Veja abaixo uma lista de regras de etiqueta social para apresentações:

1. Grau de intimidade na apresentação

 O bom senso deverá determinar se a pessoa oferecerá um beijo ou um aperto de mão – tudo depende do grau de intimidade que se tem com o outro. Em via de regra, quando não conhece a pessoa oferece-se a mão.

2. Aperto de mão

Quando der um aperto de mão, não o faça com a mão flácida e nem forte demais ao ponto de causar dor no próximo. No entanto, esse deve ser firme e respeitoso.

3. Sorriso

Sempre sorria e seja amável em qualquer cumprimento. Demonstre felicidade.

4. Atente-se às prioridades

A pessoa mais jovem ou menos influente é sempre apresentada à mais velha e mais influente e nunca o contrário. Além disso, o homem é apresentado à mulher, pois a mulher tem sempre prioridade; exceto se for apresentada a um Presidente da República (nosso ou de qualquer país), a Príncipes da Igreja ou Príncipe de Sangue ou Rei e a homens idosos.

5. Cumprimente o anfitrião

Apresentar-se ao anfitrião logo que chegar a um evento é importante, principalmente se você foi convidado por outro convidado.

6. Beijo na mão 

Beijar a mão de uma mulher é raramente usado nos dias atuais e, quando for, deve ser apenas com as senhoras, nunca com senhoritas.
Quem chega ao um local deve cumprimentar os demais que já se encontram no recinto.

A etiqueta social à mesa

Saber portar-se à mesa também é importante, principalmente em reuniões de negócios, jantares formais e em festas, como, por exemplo, em casamentos. Essa vertente da etiqueta abrange situações como a disposição de utensílios, montagem de cardápio, uso de talheres e o comportamento à mesa propriamente dito.

etiqueta social a mesa jantar talheres

Talheres e utensílios sobre a mesa e suas respectivas identificações

Algumas regras são universais e sempre devem ser aplicadas. Veja abaixo:

1. Antes da refeição

  • Não se dirija à mesa sem que o anfitrião o convide.
  • Não se sirva antes do anfitrião, e caso a mesa tenha menos de dez pessoas, espere todos servirem para começar a comer.
  • Caso tenha dúvidas sobre como utilizar os talheres em um jantar formal, siga os mesmos passos dos anfitriões.

2. Durante a refeição

  • Mastigue de boca fechada e devagar.
  • Não fale enquanto come.
  • Não encha demais o garfo ou a colher.
  • Não assopre a sopa quente para resfria-la.
  • Sirva-se sem ficar escolhendo qual pedaço lhe agrada mais.

3. Ao terminar de comer

  • Não empurre o prato ao se levantar da mesa.
  • É incorreto colocar palitos de dente na mesa, mas caso tenha, não utilize.
  • Para sinalizar ao garçom que você está satisfeito, coloque o garfo e a faca alinhados no prato, sendo o garfo do lado esquerdo e a faca à direita do garfo. Para um entendimento mais claro, eles devem seguir as posições do ponteiro do relógio quando atinge às 4 horas ou às 6 horas.

4. Boas práticas

  • Fale com moderação quando estiver à mesa. Evite falar alto demais ou sussurrar/cochichar.
  • Você não deve fumar quando estiver à mesa, muito menos se forem locais fechados.
  • Não apoie os cotovelos sobre a mesa.
  • Em uma refeição informal não há problemas em repetir o prato, mas quando estão previstos vários pratos como em uma refeição formal, só se repete quando o garçom oferece novamente. Nesses casos nunca peça para repetir.
  • Se quiser algo que está longe de você na mesa, peça para alguém que esteja perto te passar, não passe o braço na frente dos outros.
  • Se deixar cair um pouco de comida no forro da mesa, recolha a porção com o talher mais apropriado, e coloque-a na margem do seu prato.
  • Quando estiver em um tipo de jantar ou restaurante que possua o serviço de bufê, não misture todos os tipos de comida, evite pratos muito cheios.

5. Observe o modo certo de comer o alimento

  • Massas como espaguetes e talharins não devem ser cortados. Enrole alguns poucos fios no garfo e leve à boca. (veja aqui 7 dicas de etiqueta italiana à mesa)
  • Frango à passarinho pode ser comido com o auxílio das mãos, mas utilize um guardanapo para pegar o pedaço. (veja aqui alguns outros alimentos que você pode comer com as mãos)
  • Não é errado comer as frutas que ficam na beirada das taças, embora não seja recomendado.
  • Não corte o alface, utilize a faca para dobrar a folha sobre o garfo.
  • Se for servido pão, parta-o com as mãos, passe a manteiga com a faquinha, se desejar,  e leve-o a boca com a mão mesmo

6. Talheres

  • Não gesticule com os talheres em mãos. Sempre que for falar, coloque-os apoiados no prato.
  • Os talheres que não forem usados continuam na mesa, intocados.
  • As facas de carne são utilizadas apenas para carnes vermelhas e aves. Os peixes têm a sua faca própria, que normalmente é usada apenas para afastar peles e espinhas que possam aparecer. Omeletes, legumes e outros alimentos devem ser cortados com o garfo.
  • A clássica dica de “comece a usar os talheres de fora para dentro” é realmente válida.
  • Depois de serem colocados em uso, os talheres não devem mais ser encostados na mesa, apenas apoiados dentro do prato conforme o estilo de etiqueta europeu ou americano (entenda aqui a diferença)

7. Guardanapo

Em jantares formais, o guardanapo de pano sempre deve ser colocado no colo. Use-o sempre antes de levar o copo ou a taça à boca. No final da refeição, coloque-o do lado do prato, sem dobrar, mas também não amasse.
(Veja aqui 5 dicas de quando e como usar o guardanapo de papel)

8. Copos

Pegue os copos pela base de seu arqueado, nunca pelas bordas.

A etiqueta social na internet

Etiqueta Social na internet grupos de pessoas e seus smartphones

Existem pessoas reais do outro lado da tela e todas elas merecem o seu respeito

As pessoas pensam que a internet é como um escudo e que podem agir e falar o que vêm a cabeça sem nenhum tipo de filtro. Nada disso! É importante lembrar que existem pessoas reais do outro lado da tela e que todas elas merecem o seu respeito, logo tenha muito cuidado com o que escreve porque isso irá certamente afetar alguém de alguma maneira. Se você é daqueles que pensa que suas atitudes on-line não possuem consequências veja esse caso de um comerciante que foi preso por suas atitudes nas redes sociais.

A dica de ouro, segundo a jornalista e consultora de etiqueta Claudia Matarazzo, autora do livro “Net.com.classe”, é que as pessoas transportem a etiqueta convencional para o mundo virtual, ainda que seja difícil. Ou seja, você deve agir com a outra pessoa da mesma forma que faria se estivesse cara a cara com ela.  Dessa forma você conseguirá ter mais noção e polir suas ações, sendo mais educado e gentil com aqueles que fazem parte do seu círculo virtual.

Veja abaixo algumas dicas:

1. Não fale mal da empresa ou de seus colegas de trabalho

Muitas vezes, ao adicionar seus colegas de trabalho, fica mais complicado postar suas opiniões sobre o trabalho ou como está se sentindo em relação a sua vida profissional. Algumas redes sociais possibilitam o bloqueio de determinadas pessoas. De qualquer forma, é preciso sempre ter cuidado ao adicionar chefes, gerentes e colegas do escritório. Esteja ciente de que eles irão fazer parte do seu círculo virtual, pois o uso de redes sociais ‘sem filtro’ pode provocar demissão por justa causa

2. Não poste fotos sensuais

Ninguém é obrigado a conferir as fotos de biquíni ou sunga das suas últimas férias na praia. A menos que você seja fissurado em academia, atleta ou blogueiro famoso, bom senso sempre é importante nesses momentos.

3. Evite usar em excesso as redes sociais no expediente

Não passe a impressão de que seu trabalho é bagunça e use as redes sociais somente quando for estritamente necessário. Nas empresas em que o uso é bloqueado esse problema não acontece, mas atente-se ao uso das redes sociais pelo celular também.

4. Não fale ou discuta sobre assuntos polêmicos

A diversidade de opiniões e pessoas no Facebook e Twitter é imensa, portanto, é preciso ter cuidado ao postar sobre religião, futebol e política. Se for postar, esteja ciente de que poderá ser confrontado. No caso de discussões, o ideal é não render assunto para não se expor, pois, no mundo das discussões, ganhar é perder.
Na grande maioria dos casos, as partes saem ainda mais convencidas de que estavam certas, e quando ocorre de alguém perder, esse não aceita de bom grado, tem seu ego ferido e muitas conserva sua opinião. (veja aqui como ganhar uma discussão sem perder todo o resto)

5. Evite adicionar pessoas que você não conhece sem motivo aparente

O melhor é ignorar o pedido se uma pessoa desconhecida ou que você não gosta te adicionar no Facebook. Aliás, a rede social permite selecionar seus amigos em grupos, ou seja, você pode direcionar suas postagens para um público específico.

6. Não marque os amigos sem o consentimento

Marcar colegas em festas, confraternizações e eventos é um assunto que as pessoas dão pouca importância e pode acabar sendo bastante delicado. Como é uma ação expositiva, isso pode compromete a pessoa ao divulgar que ela estava em determinado local, como é o caso desta jovem que terminou com seu namorado após ele ser ‘entregue’ por seus amigos em fotos do facebook. Ao se deparar com essa situação, questione ao envolvido se ele realmente gostaria de ser marcado. Ainda que pareça exagero para alguns, para outros, isso faz uma enorme diferença.

Além de marcar amigos em festas/fotos, no Facebook também é bastante comum pessoas marcarem umas às outras nos comentários das publicações. A marcação pode ser constragedora para a pessoa, principalmente se envolve algum tipo de cobrança de dívida, que pode gerar inclusive processo por danos morais. Siga sempre a regra de ouro “Se você não falaria em público, então não publique”.

7. Cuidado com o spam

Esse é um dos casos que causam mais constrangimento e estresse nas redes sociais e muitas vezes pode levar a exclusão de amigos. Somente envie pedidos de adesão a jogos no Facebook para as pessoas que poderiam eventualmente jogar aquele joguinho. Além disso, tenha cuidado ao compartilhar correntes, vídeo, fotos e textos prontos. Você pode estar entupindo a timeline de seu amigo com coisas repetidas, além de ser tachado de chato ou sem opinião. Tenha critério ao republicar conteúdos. Há ainda outras manias que têm afastado alguns das redes sociais: retuítes constantes no Twitter e a repetição de informações e brincadeirinhas.

8. Não se exponha sem necessidade

Evite postar informações irrelevantes sobre o seu dia a dia. Se expor sem necessidade pode soar egocêntrico ou narcisista da sua parte, além de, mais uma vez, encher a timeline de seus colegas com conteúdos pouco interessantes. Além disso, não envie e-mails no calor da emoção porque isso poderá causar uma ressaca moral no dia seguinte. Se recebeu algo que não gostou e lhe tirou do sério, respire e só responda quando tiver mais calmo. A internet não é o local ideal para lavar roupa suja porque tudo que disser será muito expositivo e poderá dar margem a muitas interpretações.

9. Não poste fotos chocantes

Ninguém deve ser obrigado a ver fotos de pessoas mortas, animais maltratados ou pessoas mutiladas. Tome cuidado ao curtir fotos assim ou compartilhá-las para não incomodar seus amigos virtuais

10. Tenha atenção especial à interpretação de suas mensagens

Uma pesquisa realizada pelo Journal of Personality and Social Psychology aponta que há apenas 50% de chance do leitor interpretar corretamente o tom das suas frases nas redes sociais. Para piorar, quem lê a mensagem 90% das vezes acha que sua interpretação está correta! Logo atente-se à maneira como você expõe suas ideias. O mundo virtual tem muitas armadilhas e elas podem causar um desentendimento entre as partes que se comunicam, por não saberem se expressar da maneira correta. Utilize de smileys, emoticons e emojis  (😄😅😏😎) em sua mensagem – informal –  para que ela seja clara e transmita não apenas o conteúdo correto, mas a intenção e sentimento que está por trás dela. Além disso,  tenha cuidado com o uso exagerado de letras maiúsculas, grifadas e em negrito nos seus textos, porque elas significam “gritos”, irritação e raiva.

(Conheça a história do CAPSLOCK, a tecla mais berrante de todas)

 

A etiqueta social em eventos

Etiqueta Social Festa de casamento noivo aplaudindo

Festas de casamento são ambientes que requerem um atenção à etiqueta social

Saber convidar, deixar seus convidados satisfeitos e também se portar de maneira correta em festas e eventos é de grande importância. Veja aqui as principais dicas.

Saber se portar de maneira correta em festas e eventos sociais é de grande importância para sua imagem e vida social. É um momento de prova e exposição, para se sair bem é necessário saber convidar e deixar seus convidados satisfeitos (quando você é o anfitrião) e seguir algumas regras de comportamento quando você for o convidado.

Veja abaixo as principais dicas:

Convites

1. Envie convites com antecedência

Para reuniões informais o envio deve ser feito com 6 (seis) dias antecedência. Para recepções maiores e mais formais é recomendado o envio com 20 (vinte) a 30 (trinta) dias antecedência e para festa de casamento, 30 a 60 (trinta a sessenta)  dias antes.

2. Tipo de convite

Em ocasiões informais, o convite pode ser feito pessoalmente, por telefone, e-mail, mensagem ou Facebook. Já em recepções mais formais, é possível fazer um convite impresso, mais simples, mas não é uma regra, vai do gosto de quem está recepcionando. Em situações como casamento e formatura, é indispensável o convite impresso, com data, hora e traje adequado. Além disso, os convites da cerimônia devem estar de acordo com a exigência do evento. Ou seja, eventos mais elegantes exigem convites mais vistosos e delicados.
(Veja aqui 6 dicas para fazer convites de casamento)

3. Atente-se ao R.S.V.P

Convites impressos que trazem essa sigla significam: “responda por favor” (vem do francês “répondez s`il vous plait). Portanto, se receber um convite assim, responda se vai ou não ao evento no máximo 48 horas depois de recebidos.

Festas e Eventos

1. Pontualidade e descontração

O anfitrião precisa ser pontual, para não constranger quem chega no horário. Crie um clima descontraído mesmo que seja um evento formal, deixando os convidados mais à vontade. Caso você seja o convidado, é importante ser pontual ao assumir compromissos, caso haja algum imprevisto, avise com antecedência.

2. Formalidade nos cumprimentos

Ao cumprimentar, evite o excesso de beijos e abraços se o evento for mais formal.

3. Não procure chamar a atenção

Essa é uma atitude que passa muito longe dos bons modos e educação.

4. Controle seu apetite

Não coma de maneira exagerada como se não comesse a dias, fique atento aos modos à mesa.

5. Postura e andamento

Saiba andar corretamente, principalmente as mulheres que usam salto. Tenha cuidado com a maneira de sentar, corrija a postura das costas e tome cuidado com as poltronas. Não se jogue nem fique com uma postura que pareça cansado.

6. Veja o nível de conversa

 Não fale alto demais, nem use gírias e palavrões. Nesse caso, tente não exagerar na bebida para não se prejudicar.

7. Não saqueie o evento

É falta de educação levar artigos do evento para a casa quando estes não lhe são dados de bom grado. Não peça para levar “mais uma lembrancinha”, muito menos bolo e docinhos. Além disso, não leve os arranjos da mesa, a não ser que haja um cartãozinho permitindo.

8. Fumaça

Pessoas estão cada vez mais intolerantes à fumaça e cheiro produzidos pelo cigarro. De acordo com a lei, não fume em ambientes fechados, vá para a área externa.

9. Não extrapole o horário

Mesmo em reuniões informais na casa de amigos, esteja atento ao horário, as vezes já se passaram muitas horas e os anfitriões ficam sem jeito de pedir aos convidados para irem embora, portanto, cuidado para não ser inconveniente. Já em festas maiores, vá embora quando tiver vontade ou quando ver que a maioria já está indo embora, não seja um dos últimos.

9. Celular

Caso esteja em um jantar, desligue ou coloque o celular no silecioso. Se este tocar e precisar atender, peça licença e se retire, mas não precisa falar o que irá fazer.

10. Bom senso

Mantenha os modos na pista de dança e acompanhe os outros convidados, não faça danças vulgares ou chamativas. Não tire os sapatos em nenhuma circunstância.

11. Bocejo

Faça-o discretamente e coloque a mão na boca. Não espreguice.

12. Presentes

Se a festa for sua e você ganhar presentes, se possível abra-os frente de quem deu, se não, guarde e veja depois, mas mande um cartão ou um telefonema agradecendo.

Como se vestir

1. Dress code

Esteja sempre atento ao tipo de evento e tipo de traje, para que sua roupa não seja muito exagerada, nem muito inferior aos outros convidados.

  • Traje esporte – simples e informal. Exemplos: almoços, exposições, churrascos, festas infantis.
  • Traje esporte fino – um toque de formalidade. Exemplos: teatros, vernissages.
  • Social – formalidade total. Exemplos: jantares, casamentos, óperas.
  • Black-Tie – requinte e sofisticação. Exemplos: bailes de gala, premiações.

2. Moda versus Bem-estar

É preciso se vestir da maneira como você gosta, se sentindo bem e seguro. Cuidado com a moda, pois nem tudo que está na moda se adequará a todos os corpos. Leve em consideração o seu tipo físico, sua idade e seu jeito.

3. Contexto

Suas roupas precisam variar de acordo com o lugar do evento, o horário, a situação e a companhia. Com bom senso e bom gosto, é possível fazer uma escolha correta. Caso esteja em dúvida, consulte a opinião de um amigo próximo.

4. Cuidado com os exageros

Tenha cuidado para que sua roupa não te faça parecer vulgar, tornando-se deselegante. Atenção para o comprimento das saias e dos vestidos, transparência, decotes, e roupas íntimas aparecendo, principalmente quando o evento for muito formal e quando os convidados forem do seu meio profissional.

5. Roupas repetidas

Não é errado nem feio repetir roupas, mas evite roupas muito chamativas pois são mais marcantes. Dê um tempo de uma festa para outra, e se possível, use quando os convidados forem diferentes. Mas caso não tenha outra maneira, não há nada de errado.

 

A etiqueta social no dia-a-dia

A etiqueta social também deve ser praticada no seu cotidiano se você quer ser visto como alguém educado, elegante e simpático. Existem várias pequenas situações que você pode se deparar a qualquer momento e que as regras de etiqueta se aplicam. Saiba como agir da maneira mais adequada com as dicas abaixo:

1. Erros de português

Se alguém cometer um erro de português não corrija na frente de todos, e caso tenha mais intimidade, quando estiverem a sós, fale do erro com muita delicadeza. E se você for corrigido, mesmo que não goste, agradeça.

2. Viagens compartilhadas

Em uma viagem de avião ou ônibus, permaneça em seu lugar, não fique andando pelos corredores; ao ler jornal, não o abra muito, para não atrapalhar o passageiro do lado; antes de deitar o encosto da poltrona, verifique se a pessoa que está atrás não está utilizando a mesinha; fale baixo, não reclame da comida e não leve nada de lembrança, etc.

3. Fio de cabelo na comida

Se estiver comendo na casa de um amigo e encontrar um fio de cabelo na comida, seja discreto, não fale nada, e coloque o cabelo no canto do prato, para não causar constrangimento aos donos da casa.

4. Esquecimento de nome

Ao encontrar alguém e esse perguntar: “Se lembra de mim?”, sorria e diga sem mentir “Claro que lembro, mas esqueci seu nome agora”.

5. Presente com preço

Se por acaso deu um presente com preço, e percebeu só depois que a pessoa presenteada abriu, peça desculpas, mas não fique muito tempo se explicando e falando do assunto.

6. Apelidos

Não é correto utilizar “apelidos carinhosos” na frente de outras pessoas, deixe para quando estiverem a sós. É uma falta de respeito, educação e etiqueta com quem está perto.

7. Horário de ligar para os outros

Em via de regra, o horário mais correto para ligar para a casa de alguém é de 10 horas às 22 horas. Quando a intimidade é maior com a pessoa, ela costuma especificar seus horários, como  “pode ligar até meia noite”. Se disserem “acordo cedo”, já leve como uma indireta para que você não ligue muito tarde.

8. Furar fila

Se furarem fila na sua frente, procure não chamar a atenção das pessoas perto para não constranger. Não fale alto para que a pessoa perceba. Fale diretamente com aquele que fura a fila, seja educado. Se mesmo assim não resolver, chame o gerente ou responsável pelo local. Não é nem preciso dizer que você não deve ser aquele que fura a fila, não é mesmo?

Concluindo

As regras de etiqueta estão presentes nas mais variadas situações, independente do local, cultura ou valores. Não se preocupe com a quantidade de detalhes, essas condutas são memorizadas com a prática e você tem muito tempo para aprender, o importante é começar agora. Na dúvida, caso não ache o que procura siga o bom senso e lembre-se de que “mais é menos”. Sinta o ambiente que te cerca e observe como as outras pessoas estão agindo, evitando chamar atenção ou se constranger.

Além disso, é importante ressaltar que a etiqueta social vai muito além das dicas contempladas nesse post. Se você deseja realmente obter resultados concretos deve procurar aprendizado e aperfeiçoamento constantemente. Para isso, criamos um curso completo, com respaldo e consultoria pessoal, onde ensinamos tudo que você precisa saber para  ser convidado para mais festas, ser lembrado quando surgirem oportunidades de trabalho e fazer mais amizades. Lembre-se que aquele que não conhece e não age conforme as regras da etiqueta social pode encontrar muitos obstáculos em situações sociais e profissionais.

Conheça o curso online “Os Segredos da Elegância”

etiqueta social banner curso online os segredos da elegancia

 

Você possui mais alguma de dica de etiqueta social? Se sim, compartilhe conosco escrevendo nos comentários!

By |2017-10-17T19:21:07+00:00setembro 25th, 2017|Etiqueta|2 Comentários

2 Comments

  1. Priscilla 03/10/2017 em 23:00 - Responder

    Dicas maravilhosas, estão de parabéns!! 👏👏

  2. Etiquetas 16/08/2018 em 13:49 - Responder

    Exatamente o que eu estava procurando, obrigada!

Deixar Um Comentário